Atelier de costura


Olá, sei que faz um bom tempo que não fazemos posts, por razões de projetos e também por um outro motivo muito especial.
No mês passado fomos convidadas a participar da Edição 30, da revista "Decorar Mais por Menos".
Foi algo muito gratificante pra gente.



PLANTA PROBLEMA


A seção Meu projeto é onde os leitores mandam suas dúvidas sobre um comodo da casa onde querem utilizar ou organizar de uma forma melhor.
O nosso projeto foi baseado na dúvida de uma leitora que queria transformar um quarto em atelier de costura/pintura e outras atividades
Como soluçoes trocamos os tijolos de vidro que existiam, por uma janela para uma boa ventilação.







As cores nos móveis são básicas e claras, pois preferimos usar as cores nas paredes. Na primeira solução utilizamos o BP Fresno Claro (Masisa) e BP Branco (Masisa)  dando um diferencial e “fugindo” do mobiliário todo branco.











Na segunda utilizamos mais BP Branco, até porque a cor da parede é mais forte e combinamos o gaveteiro e a cadeira de madeira, pelo mesmo motivo da primeira solução. Nas portas dos armários optamos por usar vidro, pois ajuda a ampliar visualmente o espaço.
Também para dar um charme no ambiente, utilizamos 1 móvel  no estilo Provençal em cada solução misturando com o  
“ moderno (básico)” dos outros móveis.













A exigência da cliente era um ambiente confortável e que pudesse passar horas nele, além de que a profissão dela é muito ligada à criatividade. Então na primeira solução optamos por uma cor aconchegante e que também não é cansativa como a Biscuit Laranja (Coral Super Lavável). Na solução 2 optamos por Caleidoscópio (Coral Super Lavável) em duas paredes, sendo que o laranja é uma cor  estimulante que ajuda muito na criatividade e como usamos Palha (Suvinil) nas outras paredes não se torna cansativa.
Nas cadeiras e no pufe (usado na solução 2) usamos tecidos de motivos florais, com tons calmos combinando com os outros itens do projeto.


SOLUÇÃO 01












Tanto as cadeiras, quanto a lata onde guardam os tecidos  foram utilizados na ideia de que no ambiente os móveis e objetos podem ser personalizados e reaproveitados. Os móveis em Provençal também tem o contexto do reaproveitamento. Uma mesa antiga, uma cadeira com estofado estragado ou uma estante  podem ser reformados transformando-se num belo móvel.


Espero que tenham gostado e até a próxima.